Especial: Investimento superior a R$ 6,5 milhões em tecnologia melhora atendimento da segurança pública

09/01/2012 22:58

 

PDF 

GPS em carros acilita localização de viaturas | Foto: Allan de Carvalho/SSPA Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP) inicia nesta segunda-feira, 09, uma série de reportagens que vão destacar ações e investimentos em áreas estratégicas desta pasta. Foram mais de R$ 60 milhões, nos últimos três anos, investidos em viaturas, armamentos e equipamentos de proteção para os policiais;  na construção, reforma, ampliação e melhoramentos de delegacias; em tecnologia; e na formação e qualificação dos profissionais das forças policiais. Todo esse investimento se refletiu na melhoria de condições de trabalho para os policiais e, por tabela, na otimização do atendimento à população sergipana.

Computador em veículos possibilita flagrantes e cumprimentos de mandados | Foto: Reinaldo Gasparoni/SSPE para abrir a série, os investimentos na modernização tecnológica dos órgãos de segurança pública em Sergipe. O Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) implantou inovações, melhorias gerenciais que dinamizam a ação preventiva da segurança pública, tornando o Estado de Sergipe um dos mais modernos do país. Neste triênio foram investidos, em verbas do Estado e da União, mais de R$ 6,5 milhões nessa área. 

GPS em carros acilita localização de viaturas | Foto: Allan de Carvalho/SSPO DTI, além de desempenhar seu papel trivial de instalação, suporte e manutenção de computadores nos órgãos ligados à SSP, também desenvolve a função de criar projetos e softwares que possam ser implantados para auxiliar e facilitar os trabalhos dos agentes da segurança pública.

Atualmente, todas as delegacias do Estado contam com computadores ligados à internet, servindo como fonte de pesquisa, consulta e levantamentos de dados que facilitam a comunicação entre todos os órgãos ligados à SSP, e, posteriormente, contribuindo para levantamentos de dados que possibilitam um maior estudo e direcionamento do efetivo para determinado local ou município.

Foto: Allan de Carvalho/SSPUm equipamento disponibilizado nas viaturas da Companhia de Radiopatrulha e de outras unidades da PM e Polícia Civil é um bom exemplo de como a tecnologia pode ser uma aliada de todos os momentos das forças policias. Um moderno computador com acesso a internet 3G, possibilita, em tempo real, com uma maior rapidez, a consulta de placas e dados pessoais de suspeitos. 

Só em 2011, os militares da RP apreenderam mais de 70 veículos, boa parte deles por conta das informações em tempo real que os policiais apuram no computador veicular. Dezenas de foragidos da Justiça foram presos. Além disso, o sistema permite que os oficiais no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) percebam a localização das guarnições em toda a Grande Aracaju, o que propicia um tempo de resposta mais rápido quando há solicitações através do 190, sobretudo as mais graves. 

Convênios

Investimento em tecnologia gerou aumento de prisõesDados apresentados pela Assessoria de Planejamento (Asplan) da SSP, em convênios formalizados e em execução desde 2009, totalizam cerca de R$ 3.234,800,80, para a modernização da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), com a migração do sistema Guardião. Em outro convênio, assinado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça, foram investidos R$ 803.991,80 na aquisição de ferramentas de análise e investigação.

Armas apreendidas pela políciaPara o delegado Gabriel Ribeiro Nogueira Júnior, gestor da Dipol, ao longo dos últimos anos vários convênios foram firmados com a Senasp, com o objetivo de modernizar cada vez mais o serviços prestados pela Dipol e outras unidades da polícia. "O que temos hoje em Sergipe é um resultado que é fruto desses investimentos. E isso é visivelmente notado. Por exemplo, com a aquisição de um novo software especializado, aumentamos o número de denúncias e melhoramos o nosso serviço de inteligência", comentou o delegado.

O secretário-adjunto, João Batista, fechou parcerias com gestores do Paraná | Foto: Governo do ParanáGabriel explica que os investimentos em tecnologia na SSP possibilitaram a aquisição do Guardião, que potencializou a busca de informações sobre quadrilhas especializadas e ainda qualificou o combate a organizações criminosas, sobretudo envolvidas com o tráfico de drogas e assaltos. "Não é à toa que ano após ano batemos o recorde no combate ao tráfico de drogas", destacou. 

infografico_investimento-tecnologiaEle também cita que a aquisição de um software especializado para o serviço do Disque Denúncia (181) gerou um incremento no número de ligações e melhorou o nível de informações que chegaram às equipes policiais.  "Podemos perceber como essa denúncia qualificada tem auxiliado as investigações na resolução de crimes", destacou Gabriel.
 


Delegado Gabriel Nogueira explica investimentos em inteligência - Baixar Áudio

Os investimentos no Disque Denúncia foram na ordem de R$ 193.213,60. A verba foi usada para reestruturação do sistema de informação e atendimento do serviço 181. Outro ponto importante foi a criação da nova sede do Departamento de Tecnologia da Informação da SSP, no valor de R$ 699.276,95. Além das parcerias com a Pronasci e Senasp, recursos do Fundo Especial para Segurança Pública (Funesp), já injetaram na Segurança Pública, desde 2009 até o início de dezembro deste ano, um total de R$ 2.388.618,66, destinadas para a modernização e aparelhamento das corporações.

Projeto Íris

O projeto Íris, em fase experimental, auxiliará no trabalho referente a consulta ao banco de dados. Este deverá oferecer dados atualizados em tempo real, detalhado por tipo: características dos acusados, modo de ação, região, hora, tipo de arma usada, o que irá gerar estatísticas, a partir de dados coletados sobre violência e criminalidade em tempo real pelos boletins de ocorrência.

"Aproximadamente dois meses, o Sistema de Consulta de Veículos (SCV) veio facilitar sobremaneira o trabalho desenvolvido pela Divisão de Combate a Roubos e Furtos de Veículos, na medida em que se pode obter dados imprescindíveis em um só local, tais como nome do proprietário do veículo e respectivo endereço, entre outras informações, além da facilidade da consulta que pode ser feita até mesmo utilizando-se um smartphone", disse o delegado de Polícia Civil, Antônio Sérgio Araújo.

Convênio Celepar

Em funcionamento há cerca de oito anos, o convênio com a Companhia de Informática do Paraná (Celepar) foi responsável pela implantação do boletim via internet em Sergipe. Em 2011, o serviço foi ampliado e modernizado, o que fará com que o boletim de ocorrência utilizado em Sergipe se torne uma grande fonte de pesquisa, de inteligência e de estatística. O processo permite uma comunicação com outros órgãos de segurança pública, a exemplo do Instituto de Identificação e o Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe (Detran/SE).

Outra vantagem será a virtualização da produção cartorária, proporcionando mais segurança aos procedimentos, menos volume de papel nas unidades policiais e celeridade nas estatísticas produzidas pela polícia. A vantagem do novo sistema é que ele foi criado sob o acompanhamento de gestores em segurança pública.

Na próxima matéria especial, voltaremos a falar sobre tecnologia, desta vez destacando investimentos no Ciosp e no Centro de Análises Criminais (Ceacrim). 

 

SSP/SE

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!