Craque, artilheiro e realizado

30/07/2011 21:19

 

 
R10 vive momento único no Fla. Foto: VIPCOMMR10 vive momento único no Fla. Foto: VIPCOMM
Reconhecido como craque por todo o mundo, Ronaldinho vive no Flamengo um momento único em sua carreira. Além da torcida, exaltada por ele em 10 das 10 entrevistas que concede, o camisa 10 rubro-negro lembrou que o time perdeu apenas uma partida em sete meses de 2011. Feito para ser muito louvado no futebol moderno, ainda mais no tão equilibrado Brasileirão.

Na partida deste sábado (30.07), diante do Grêmio, Ronaldinho voltou a ser o centro das atenções. Não só por enfrentar seu ex-time, onde deu seus primeiros chutes, mas pelo fato de ter feito a diferença. Deu o passe para o gol de Thiago Neves e ainda deixou o seu.

"O sentimento de respeito que tenho é de respeito. Comecei minha trajetória no Grêmio e não poderia ser diferente. Mas hoje eu cumpro minhas obrigações aqui no Flamengo. 
Tenho ainda que retribuir o carinho que essa torcida tem comigo. Além disso, vivo um momento único, que nunca passei em minha carreira. Ficar sete meses e perder apenas um jogo é maravilhoso. Está tudo maravilhoso. O desempenho do time e essa torcida", afirmou Ronaldinho, saindo do gramado do Engenhão.

E para continuar em lua de mel com a Nação, o craque rubro-negro sabe o que precisa ser feito. Aliás, o que precisa ser mantido.

"O Flamengo tem conquistado vitórias importantes, em sequência. E isso é fundamental para continuar lá em cima na tabela e para conquistar nosso objetivo, que é o título brasileiro", analisou.

Acostumado a encantar seus fãs pelos dribles mirabolantes, pelos passes milimétricos e pelos golaços que marcou ao longo de sua carreira, Ronaldinho mostrou um outro lado ao marcar seu gol diante do Grêmio: jogador de raça. O camisa 10 do Flamengo acreditou numa bola praticamente perdida, atrasada para o goleiro Vitor, do Grêmio, pressionou, roubou a bola do arqueiro tricolor e chutou para o fundo do gol.

"Eu sabia que o Vitor iria levar a bola para o outro pé, pois ele é canhoto. Fui para esse lado e acabei conseguindo tomar a bola", revelou o craque, que nunca deixou de pensar em ainda vestir a amarelinha. "Eu nunca deixei de pensar em seleção brasileira".

Antes de ir para o vestiário, R10 deu mais uma declaração de amor ao Flamengo, explicando como começou toda essa história.

"Desde a primeira vez que estive diante da torcida, na apresentação que fizeram para mim, na Gávea, o Flamengo tocou o meu coração. Hoje posso dizer que estou muito feliz aqui".
Fonte: www.flamengo.com.br

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!